Petrobras apresenta nova estrutura de contratação

Área de Suprimento de Bens e Serviços da companhia terá cinco gerências-gerais

[15.07.2016] 10h05m / Por Claudia Siqueira

A Petrobras apresenta a empresários do setor nesta sexta-feira (15/7) a estrutura de funcionamento da nova Gerência-Executiva de Suprimento de Bens e Serviços — área ligada à Diretoria de Recursos Humanos, SMS e Serviços que ficará responsável pelas contratações da petroleira. A reunião é conduzida por Eberaldo de Almeida Neto, gerente-executivo da área, e deve reunir mais de 100 executivos.

A área de Suprimento de Bens e Serviços terá cinco gerências-gerais, sendo quatro de aquisição – Refino & Gás Natural, responsável pelas compras destinadas às refinarias, térmicas e petroquímica; Desenvolvimento da Produção & Tecnologia, ligada à parte de poços e sistemas submarinos, incluindo as unidades de produção; E&P, responsável pelas compras atreladas às Unidades de Operacionais (UOs), e Corporativa Global, que atenderá às demandas das áreas não operacionais, e uma de apoio: Estratégia de Gestão e Contratação de Fornecedores, responsável pelo cadastro.

A estrutura contará ainda com outras três gerencias que darão suporte às atividades: Logística e Suporte à Contratação — área que cuidará também da parte aduaneira — Orientação, Gestão do Macroprocesso para Suprir Bens e Serviços e Suporte à Gestão Operacional, à qual caberá o planejamento e o controle do orçamento.

A nova estrutura vai gerenciar todas as compras da petroleira feitas no Brasil e no exterior, e a expectativa é que esteja totalmente operacional no último trimestre deste ano. Por enquanto, o processo de contratação está em fase de transição, com as licitações que já estavam em curso sendo feitas ainda pelas áreas operacionais correspondentes.

Esta é a segunda vez que a Petrobras apresenta a nova estrutura de contratação a empresários do setor. No fim de junho, foi feita uma reunião também no Rio de Janeiro, direcionada a executivos do setor de E&P. A intenção da Petrobras é realizar outros encontros com executivos de prestadoras de serviço e fornecedores de equipamento não só no Rio de Janeiro, mas em outras cidades e estados onde haja grande volume de contratação.

No ano passado, a Petrobras manteve contratos regulares com 16 mil empresas de diferentes ramos de negócio.

Print Friendly, PDF & Email
%d blogueiros gostam disto: