Petrobras: Tentando adiar indenizações a investidores nos EUA

Ao ter conseguido marcar uma audiência no Tribunal de Apelações dos EUA no dia 26 de julho, Petrobras (PETR4) talvez consiga ganhar tempo para eventualmente negociar indenizações/multas para os acionistas que seguem ações civis.

Isto porque, a principio, conseguiu suspender temporariamente todos os processos civis até a data da audiência, o que é valioso já que em caso de uma decisão favorável do juiz Rakoff no que se refere à solicitação de processo sumário (até agora ele tem se mostrado mais favorável aos investidores) ela teria um mês, até 19 de setembro para chegar a um acordo que evite um julgamento.

Dadas as dificuldades financeiras da companhia, é positivo que tente ganhar o máximo de prazo para negociar. Porém, isto não elimina o altíssimo risco de ter que pagar bilhões de dólares, o que afetará negativamente.

Print Friendly, PDF & Email
%d blogueiros gostam disto: